06 novembro 2006

"A velha chama"

misteriosa dama
(viva ou morta?)
a velha chama
sussurando à minha porta

olho e não vejo,
calado, te sinto chamar
ao meu lado, certos dias
parece me espiar

de noite, em minha cama
a velha chama
e por minha vida clama

um dia eu provarei teu fel
e de mãos dadas iremos andar
de todas, és a dama mais fiel
e sei que queres me levar
te sinto em meu leito,
quieta a me esperar
mas se contigo me deito
é pra não mais me levantar

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home