10 novembro 2006

"Boné"

- para uma mineira que se foi

o que queria ser, menina
era esse seu boné,
que nunca sai da tua cabeça
pq vc que nunca sai da minha

você sumiu do meu céu,
levando a tua bela fronte,
debaixo de um chapéu,
foi pra bel´horizonte.

partiu como quem se cansa,
alheia a todos meus zelos,
meu grito já não te alcança
nunca ouvistes meus apelos
[mas num boné resta a lembrança
deixada por teus cabelos]

e você nem imagina,
qual foi a reação:
tua partida repentina
que partiu meu coração

"eu volto"- me jurou-
"para outra temporada."
mas o verão já terminou
e já começa a madrugada

talvez você não apareça
mas eu nunca perco a fé
de estar na tua cabeça
- quero ser o teu boné

1 Comments:

Blogger Aline Gonçalves said...

ai fofa esta!

4/21/2010 2:37 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home