10 novembro 2006

"Talvez, o amor de verdade"

talvez
eu tenha chorado
todo esse amor
derramado na calçada

talvez

talvez
eu tenha percebido
a beleza escondida
que só eu não vi

talvez eu ainda sinta
a tristeza guardada
pelo amor que deixei passar
(pelo amor que deixei partir)

talvez eu me arrependa
um dia no futuro
pelo passado
pela tua ausência,
meu amor verdadeiro

mas talvez eu saiba
o que fiz pra te ter
o que passei pra te realizar
todo esse amor
que já foi presente

e por isso,
só por isso,
me sinto feliz
feliz
mesmo
ciente que errei
ao te deixar partir
mas que vivi
o amor de verdade
(acerto único
na minha vida errante)

e na esperança do amanhã
dormirei inquieto
acordarei sorrindo
vivendo das lembranças
tranquilas de ontem

1 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Obviamente temos visões distintas do q é amor verdadeiro.

Obs - Agradeça a Ana Laura.

2/07/2008 6:37 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home