02 março 2009

Semana em Sampa

meus dias mudaram
depois que mudei
minha rotina revela
o que me tornei:
longe do castelo,
nao sou mais um rei

desperto logo cedo,
respirando o progresso paulistano
(meus olhos chegam a marejar)
tusso ate a esquina
e espero o 476P-10 passar

subo no bonde lotado,
mas nem me esquento:
nao tem ar condicionado,
nem transito lento
me penduro la no alto
pra pegar um pouco de vento

chego enfim no alto do ipiranga
achando que que errei de estação
todos de casaco e camisa de manga
e eu achando que ainda era verão

ando pela plataforma beirando o vão
o metrô chega ruidoso e pára com um assobio
enquanto todos se amontoam no último vagão
ando mais um pouco e entro num trem vazio,

que inferno quando chegamos no paraiso!
o condutor pede espaço e ninguem se importa;
de meu banco no canto faço meu juízo:
todos querem ficar mais perto da porta

minha camisa escorre enquanto o trem corre
ate que pára e todos descem na consolação
nao faço fila pra subir de escada rolante
alguns degraus e saio no ponto alto da cidade

ando pela paulista junto com a multidão
pensando numa planilha ou num relatório
pego qualquer bonde até o mackenzie
pra chegar logo no escritório

páro no bar e me assusto com o que assisto:
acidente e transito parado, muita demora
tomo um suco, um cafe e um misto
e vou indo pois sao quase oito horas

1 Comments:

Blogger Domitila K. said...

Isso que dá ir pra São Paulo, viu?
heheheheh

3/03/2009 10:21 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home